Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Equilíbrio...

“Temos de entender que na vida futurística, quando nós vivemos e planejamos demais o futuro, na verdade o que estamos fazendo é que nós estamos vivendo em um mundo imaginário. Nós temos muitas histórias de pessoas que viveram em mundos imaginários e como elas descobriram que tudo estava destruído. E há pessoas que realizam isso através de seus esforços físicos e quando elas entram em seus esforços físicos, elas criam um outro problema para elas, porque elas se tornam apenas pessoas orientadas fisicamente.”
S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Brighton, Inglaterra, 14.05.1982

Para saber mais sobre como equilibrar os canais e permanecer no presente, acesse:
http://www.sahajayoga.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=229&Itemid=111

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Palavras Sagradas

“Qualquer coisa que existe neste mundo está aqui para nós, nós não estamos aqui para as coisas. Se alguma coisa puder nos escravizar, nós deveríamos saber que nós somos os mestres de todas as coisas. Se uma cadeira não faz com que você fique confortável ou desconfortável, isso não é importante. O que é importante é que isso não o escraviza. Nada deve escravizá-lo.”
S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Inglaterra, 11.07.1982

domingo, 18 de setembro de 2011

“As pessoas inocentes são as mais sinceras, as pessoas inocentes. Aqueles que são espertos e astutos não podem ser sinceros, porque eles gostam da sua astúcia, eles gostam de sua assim chamada “inteligência brilhante”. Eles nunca podem ser. Aquelas pessoas que são simples, que são amorosas, que se importam com o amor mais do que qualquer outra coisa, podem dizer somente coisas muito belas sinceramente.”
S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Austrália, 21.03.1990

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Palavras Sagradas

“Amor gera amor. Se alguém tem amor, ele simplesmente se propaga. Você não precisa falar com ninguém, você não precisa declará-lo, mas ele se propagará. E isto é o que uma pessoa tem que aprender: como ver esse amor em outra pessoa.”
“O amor é uma dádiva completa, uma dádiva de simplesmente sentir os outros. Não há nenhuma palestra sobre isso, discussão sobre isso, nada. Simplesmente, você sente esse amor. Para sentir o amor, Eu diria, a pessoa tem que ter um coração, mas como você pode ter um coração? Isso não é um feito seu, está tudo lá. Assim, é algo que já é dado a você, você o tem, você pode sentir esse amor. Ele dá tanta alegria, tanta paz. O amor tem as suas próprias qualidades e uma das qualidades é que o amor compreende. A sua compreensão não está em palavras, nem em pensamento, mas compreende interiormente. Ele pode sentir interiormente, o que é muito importante. Esta é a parte mais importante que alguém tem que compreender: esse amor, você pode somente senti-lo. Você não consegue falar sobre ele, você não consegue torná-lo visível, mas ele está dentro e você pode senti-lo.”
S.S. Shri Mataji Nirmala Devi, Itália, 04.07.2004

terça-feira, 7 de junho de 2011

O ser humano não foi feito para ser analisado a vida toda...

“O ser humano não foi feito para ser analisado a vida toda, em qualquer tipo de terapia. Precisamos nos compreender, alinhar as emoções e rapidamente voltar a amar e viver” – Rex Thomas, terapeuta Nexus.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Anahata - o chakra do coração

Nesta quinta feira 03/03/11, na meditação on line, vamos falar sobre o Anahata - o chakra do coração. Vamos abordar mais sobre este chakra que é a morada do nosso Espírito.

Junte-se a nós para meditar com pessoas ao redor do mundo!
Assista no site http://br.freemeditation.tv às 21h.